sábado, 10 de outubro de 2009


Hoje eu me sinto recluso,
apático, obtuso, sem vontade;
uma espécie de abandono,
mistura de tédio e sono,
e auto- piedade...

Talvez eu seja um covarde
que perdeu a auto-estima;
e se afoga na rotina
de mais uma tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário