terça-feira, 25 de outubro de 2011

CBGB - O berço do Punk Rock


CBGB & OMFUG, sigla para "Country, Bluegrass,and Blues and Other Music For Uplifting Gormandizers", ou para nós "Country, Bluegass e Blues e outras músicas para comedores vorazes". Fundada em 1973, pelo violinista Hilly Kristal em Manhattan, Nova Yorque. 


No início a intenção de Hilly era apenas manter um café e loja de discos com leituras de poesias, pequenas participações de compositores e autores de Country, blues, jazz e rock acústico; mas quase ninguém desse meio se disponha a ir por causa do ambiente pouco favorável ,pois haviam muitos mendigos á frente do clube , sexo e drogas faziam parte da cena do local, criando assim um preconceito por parte da vizinhança e outros estilos musicais.

Por volta de 1977,aproveitando que não haviam muitos lugares onde bandas independentes podiam mostrar seus trabalhos ,rebeldes do punk rock frequentavam assiduamente ,assim deixando o ambiente mais familiar, enchendo as paredes de pichações, cartazes , adesivos e folhetos por toda parte.




Hilly finalmente abriu as portas para shows , mas com a condição de que a banda só poderia tocar musicas de sua autoria . 
Foi nessa época que The Ramones fez suas primeiras participações em público e começou a se tornar conhecido.


O clube também era aberto para matinês com artistas alternativos ,mas devido as brigas dentro e fora do local, Hilly interviu bandas de hardcore, porém pouco depois se rendeu ao livre arbítrio de que qualquer gênero musical poderia tocar,embora o rock prevalecesse. Sempre

A CBGB Ficou famosa por suas características estéticas bem largadas, considerado "sujo" ; pelo público alvo, bandas e jogos, se tornando oficialmente uma plataforma de lançamento para uma vasta lista de bandas que hoje em dia fazem muito sucesso, como The Ramones, The Police, Guns n Roses, Pink Floyd, AC\DC, Korn, Pearl Jam, Red Hot Chilli Peppers, The Runaways, Sex Pistols, Soundgarden, The Strokes, Green Day , Ratos do Porão  e uma infinidade. 


As bandas que lá tocaram ,quando alcançavam a fama,retribuíam o "favor" voltando ao clube para tardes de entrevistas e autógrafos.
Infelizmente, em meados de 2005 houve um declínio do clube devido ao aumento do aluguel que era de 19,000 mensais ( por volta de 40 mil reais) e por uma mudança repentina no contrato. 

No inicio, várias bandas arrecadaram dinheiro do cachê e ajudavam Hilly.

O problema maior era o comitê de moradores de Bowery que também era a proprietária do imóvel, cobrando taxas , juros , e aumento da mensalidade ,saindo por volta de  91.000.
O ápice foi o contrato assinado de 14 meses que expirou e o imóvel já havia sido vendido.


Mesmo com um show de mobilização no Washington Square para uma possível renovação de contrato , tudo foi em vão. Até o prefeito de Nova Yorque , se sensibilizou e marcou presença afirmando que o CBGB é considerado parte da cultura.

O clube foi fechado no dia 15 de outubro de 2006 com um concerto de Patti Smith e sua banda fazendo homenagem ao Ramores , tudo transmitido por rádio.
Uma multidão se atracava na porta e estavam presentes vários convidados ilustres , como Flea , do Hed Hot.


Hilly tinha planos de levar o clube , ou apenas a marca , que é muito prestigiada e vende muito, para Las Vegas , mas chegou a morrer em 28 de agosto de 2007 , por complicações do Câncer no pulmão. Após sua morte ,sua esposa e filha se engajaram numa batalha pela luta do espaço CBGB que vale em média 3 milhões .

Em abril de 2008, uma loja de roupa do estilista Jonh Varvatos , foi inaugurada no lugar da CBGB, mas Vartatos preservou boa parte das pichações e folhetos que cobrem as paredes do lugar como sinal de respeito. O pessoal que entra nem quer comprar roupa .



Hoje em dia é como um santuário. As pessoas passam e batem fotos , prestigiam e recordam o passado. CBGB Já teve participações em uma série de entretenimentos como filmes e músicas. Pertentes do lugar estão em museus e galerias de arte e muitos fotógrafos e empresários fazem exposições homenageando o clube.

Considerada como um marco cultural , o clube fui usado na campanha para Nova Yorque nas olimpíadas de 2012.

Foi informado pela Billboard que será filmado um longa metragem contando a história do lendário clube CBGB e no quão foi importante para Hilly e muitas bandas a influencia dele.
O que nos resta é aguardar !


Vejam videos: 
Obs: Por serem videos antigos não há legenda ,e se liguem no naipe da galera ainda nova. 


Documentário

Guns n' Roses- 1987- o público assistia sem alvoroço.Começo


Essa é ótima , O Guns n Roses dando autógrafos para alguns peladinhos com toda empolgação e capricho. Vamo ver hoje hein...


Essa é velha, Ramones tocando logo quando Hilly abriu para shows- 1977

14 comentários:

  1. Tenho que ir ao CBGB antes de morrer. Muito massa a matéria!

    ResponderExcluir
  2. Oh, Phelipe, tu só não vai é curti um Rock lá. Vai encontrar uma loja de roupas, mas as paredes com folhetos colados ainda estão lá. Bons tempos que não vivemos. =\

    ResponderExcluir
  3. Shooooow de bola... bom saber disso tudo :D

    Thali Moura

    ResponderExcluir
  4. Raissa, que post eihn?

    O GBGB está para a música alternativa e underground assim como Ronnie Scott’s (Inglaterra) está para o jazz e o blues.

    Realmente um grande refúgio do rock n' roll, no Canadá o Hard Rock Coffee também é similar aos que foram citados, banda como Rush adotaram a casa.

    Realmente essas casa romperam as barreiras de simples empreendimentos e passaram a apresentar e divulgar os grupos que mais tarde ditariam o teor cultural na música.

    Parabéns pelo blog!


    @LLArruda

    ResponderExcluir
  5. UHASUHAHSU Ta, tu só me chama de "do contra", mas dessa vez eu não sou não. Um ótimo texto sobre uma das mais lendarias casas do rock n'roll, acho que tão lendaria quanto o Keyclub xD

    ResponderExcluir
  6. Opa, vim aqui só pra agradecer as parecerias e as pessoas que indicam o Sensações e Insônia , pois conquistei 3.000 visitas . Foram 1.400 visualizações só mês passado . Lembrando que refiz o blog em agosto e estou divulgando desde setembro; é um bom resultado em tão pouco tempo.
    Valeu Galera. abração

    ResponderExcluir
  7. E aí, Raissa N'Roll, beleza?
    Sendo sincero: vim parar aqui por causa de um comentário teu no blog Never Too Old To Rock, mas não foi por causa do que você escreveu, mas, simplesmente, por causa da tatoo na tua perna - extremamente fuderosa!!! rsrsrsrs
    Aí, chego aqui e dou de cara com esse post sobre o CBGB e esse monte de caveiras e filmes e outras coisas que também me interessaram à vera. Gostei. Vou colocar um link pra cá lá nos meu blogs - aí, se te interessar, pode fazer o vice-versa.

    Agora, tirando onda: sou roqueiro véio e tive oprazer e a honra de ir ao CBGB. No dia em que fui, duas bandas tocaram, cada uma uns 30 min. As duas eram e continuaram sendo totalmente desconhecidas, nem lembro os nomes, só que uma era punk/hardcore e a outra misturava hard rock e punk - a maioria dos músicos era um lixo... hehehe
    O que nunca se fala sobre o CBGB é que o lugar, já a certa hora da noite, fedia muuuuito! rsrsrsrs

    Valeu, Lady Skull, te espero pr'um café no Pântano Elétrico e/ou no Plano Z.

    Long live - Rock & Roll!!
    ML

    ResponderExcluir
  8. Rapaz se encontrar na blogosfera é exacerbadamente mais fácil que encontrar uma turma perdida no mercado d Mumbai. Óbvio, rsrsrsrsrs...

    Maddy Lee apareceu aqui, roqueiro rodado e viajado. A enciclopédia do rock underground.

    Tá vendo Raíssa, quando alguém ver uma tattoo dessas ficamos curiosos sobre o que essas pessoa faz do que fala e por aí vai...

    Revendo o documentário A hidtória do rock n' roll que vai de Chuck Berry ao Death Metal, tem umas apresentações massa se bandas que nunca se popularizaram, mas faziam a festa da galera no CBGB.

    ResponderExcluir
  9. Opa! Nem precisa agradecer! hehe É sempre bom passar por aki pra conhecer coisas novas.. como é o caso desse post... não conhecia esse lugar! \o/ Mas agora to sabendo! hehe

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. hi....music regards from indonesia. big kisses....please come to my site.

    ResponderExcluir
  11. que foda esse post, eu nao conhecia a historia do cbgb, mas fiquei empolgada e li tudo, parabens pelo post, o lugar só arrecadou coisa de qualidade, pqp, queria ter conhecido na época que bombava.
    enfim

    beijos flor
    www.doce-vestido.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. HAAAAA o berço do RAMONES! *-*
    ótima postagem! #blognofavoritos! o/

    ResponderExcluir